A banalidade do mal

Ver os velhos dos Marretas durante uma boa parte do meu crescimento adulto, tornou-me um espécimen perdido para o sarcasmo e para a linguagem que vira os olhos.  Vejamos – identificados que são de extrema direita o grupo de “milícias” que atacou imigrantes no Porto, quereis dizer-me que não houve racismo nem ódio?  Que os…

Tretas Num Café Virtual – 02Mai24

Temos uma semana de muitas declarações polémicas, se és jovem e cometeste um pequeno delito, alista-te nas Forças Armadas e não foi uma ideia de pantufas, afirmação que Jacinto não concorda e a Lena lembrou-se da conversa de café, “Vai mas é prá Tropa, pá!” Na Santa Casa vão todos pró Brasil, agora é tempo…

Viva o 1.º de Maio!

A celebração do 1º de Maio é, inquestionavelmente, uma celebração das duras e porfiadas lutas dos trabalhadores por direitos, em particular por melhores salários, por uma jornada limitada de trabalho e por adequadas condições de segurança e saúde.  Direitos nunca foram dados. Conquistaram-se! É uma celebração mais do que justa, mais ainda hoje em dia…

Os médicos como fator do avanço civilizacional do nosso país

Até Abril de 1974, duramente cinco décadas, o nosso país viveu sob um regime ditatorial, onde não existiam quaisquer direitos de reunião, associação ou de expressão de opiniões diferentes. Os mecanismos de repressão atingiram níveis de violência duríssima com todos os que ousavam divergir, mesmo que só ao nível de meras opiniões pessoais. A polícia…

Do 25 de Abril umas lembranças

– a revolução que acontece a 25.04.74 teve início em África, – disse Amílcar Cabral “O povo colonizado vai ajudar o povo colonizador a libertar-se”,e assim foi. – se o fascismo foi uma dor a colonização foi o horror, – a descolonização foi uma verdadeira tragédia, não ajudou nem protegeu nenhum dos povos, nem Portugueses…

Tretas Num Café Virtual – 26Abr24

Celebramos hoje o 25 de Abril e é claro que o nosso programa não podia faltar. Hoje começamos pelo passado, viajamos pela Revolução dos Cravos, mas também pelo 25 de Novembro onde o Jacinto e o Paulo concordam na premissa de que é necessário recordar a História tal e qual como ela aconteceu. Mas a…