Postal a Odair,

Deixa-me preambular um pedaço. A liberdade torna-se a busca de uma vida quando se reconhece – por razões pessoais – que esta é a luta diária enquanto o normal for a falta dela. Uma utopia que faço minha.A escolha que fiz quando a partir dos cinco anos comecei a andar à porrada na escola por…

Devolvam-se os portugueses à sua terra?… Qual?

Vou fazer um shampoo dois em um para lavar umas ideias. Hitler foi eleito democraticamente. As pessoas (alemães judeus, alemães ciganos, alemães pretos) deixaram que a intolerância mascarada de intolerância tomasse conta do dia a dia, antes mesmo da chegada do comboio a Auschwitz. O novo normal passou a ser o apartheid. Primeiro vieram buscar…

O saque que se seguiu e o révu Luaty Beirão.

Faz hoje dois anos que conversei com Luaty Beirão na sua passagem por Bruxelas, onde eu vivia na altura. Foi um encontro quase às escondidas, rodeado de algumas precauções, tomadas por ele e por quem o protegia, num hotel onde nem se inscreveu com o próprio nome, por razões de segurança. Todos sabíamos que o…

Um punhal cravado na alma

Luis Giovani Rodrigues, tocava piano na Igreja de Mosteiros na Ilha do Fogo, em Cabo-Verde. Estava desde Outubro de 2019 em Portugal, a estudar, através de um convénio entre o Governo de Cabo-Verde e a Universidade de Bragança. Saiu para se divertir. Era a madrugada do dia 21 de Dezembro de 2019. Ficou em coma…

Apelo Urgente

Dia 30 de Maio a Inês – amiga que vi nascer e com quem mantenho um relacionamento próximo – deu entrada no hospital numa cidade da Alemanha onde vive, com uma crise de ansiedade e medo de ser morta – um quadro típico de uma crise psicótica. Fugiu, apanhou um comboio em Nuremberga não se…

As putas do bordel ou a ópera dos malandros

Um caldo de leituras e conhecimento – vulgo cultura –  são a receita para perceber porque razão o tsunami atingiu as costas brasileiras. As cozinhas andam a fechar por falta de cultivadores e agricultores que preparem os ingredientes. No entanto ler alguns clássicos gregos e Shakespeare bastam.  Em ambos temos as receitas, os preparados, as…

Montanhas de caturreira

Querido, escrevo-lhe da boca do inferno. Que é este país como sabe. Tou que não posso. Que caturreira que é o menino João Pereira Coutinho! Bem lhe disse que andava a viver acima das suas possibilidades. Eram iates, as ilhas privadas, o helicóptero e olhe sei lá o whiskey de malte, as festas temáticas e…