Banco SantanderTotta fica com dinheiro de penhora e não paga às finanças

logotipo_santandertotta01-905x500Publicámos há pouco tempo um texto sobre uma penhora efectuada pelo banco Santander Totta à totalidade do saldo de uma conta bancária. O mandato de penhora era proveniente das finanças e mencionava o valor a penhorar. O banco penhorou a conta toda e para a desbloquear foi necessário o contribuinte deslocar-se ao balcão e assinar uma autorização de pagamento às finanças e um pedido de desbloqueio do restante saldo, que se veio a verificar no dia seguinte.

Este episódio passou-se a 13 do corrente e o contribuinte deu o assunto como resolvido, mas estava redondamente enganado. Ontem recebeu uma carta registada das finanças com outra ordem de penhora, emitida a 19 do corrente. Deslocou-se ás finanças e  teve uma surpresa, foi informado que o Santander Totta não pagou a penhora. O valor da penhora subiu mais alguns euros porque “estas coisas” têm custos, informou a funcionária. E relativamente a quem e quanto vai custar mais todo o processo, ela não sabia.

O SantanderTotta foi notificado a 26 de Junho e até hoje não respondeu ás finanças.

O contribuinte tinha feito uma queixa ao Banco de Portugal sobre a penhora ilegal do saldo total da conta, cuja resposta levou quinze dias a chegar e foi que a entidade visada já tinha resolvido o problema. Quanto à ilegalidade da penhora que era o cerne da questão nem se pronunciaram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *