Os negócios “to big to fail e to big to jail” – A Indústria Farmacêutica (por Anabela Ferreira)

“Os medicamentos que curam não são rentáveis, e portanto, não são desenvolvidos pela indústria farmacêutica, que desenvolvem drogas para tratamentos de doenças crónicas que são consumidas em série“Prémio Nobel da Medicina Dr Richard J.Roberts Imaginem um lugar distante apenas com cidadãos saudáveis? Conseguiram? Este seria um mau lugar para negócios altamente lucrativos que dependem de…

“Não deverás ser uma vítima, não deverás ser um criminoso, mas acima de tudo nunca deverás ser um espectador”. Inscrição no Museu do Holocausto em Washington. (por Anabela Ferreira)

Hoje 72 aniversário da libertação do campo de concentração de Auschwitz.   Primeiro mandaram calar os cientistas mas eu não disse nada porque não era cientista, depois vieram buscar os ilegais mas eu não falei porque não era ilegal, depois vieram pelas mulheres mas eu não as defendi porque as lutas do género não me…

Já ninguém telefona ao Miterrand (por Anabela Ferreira)

– o título podia ser mais parvo já que a conversa é sobre impostos e civilização- O Ricardo Salgado- para ganhar uns trocos e pagar a conta do aquecimento, é comentador nos jornais – escreveu a agradecer a Mário Soares ter-lhe ajudado a salvar os bens financeiros da família. MS – ouvi a entrevista –…

“Não deixarei que o sistema educativo interfira com a minha Educação”,Mark Twain. A educação das redes e das viagens – São como dobrar o Cabo (por Anabela Ferreira)

Ao longo da minha existência andei à deriva como tantas caravelas. A descobrir caminhos nunca dantes navegados. Sem saber se o que sabia me servia, se era luz, se sombra, se era conhecimento, ignorância ou apenas fruto da minha época. Hoje fui parar a uma das viagens mais bonitas que fiz na vida, a Garden…

Num mundo de egos quem é manipulador é Rei (por Anabela Ferreira)

A História não se cansa de se repetir…Escrevi uma carta, entreguei-a às crianças em mim que a colocaram no marco do correio. Caro amigo, amigo poético optimismo, ser angélico, frágil, sem ossos, envolto nas penas dos meus pesares. Um dia matei-te. Agradeci-te a coragem de teres vivido entre os meus altos e baixos e cansei-me…