A “preguiça” dos trabalhadores portugueses

Subitamente, eis que os ambientes empresariais portugueses se agitam para, com base e sob o pretexto de duas notícias recentemente publicadas, voltar a tentar apresentar os trabalhadores portugueses como gente preguiçosa e até manhosa. A primeira dessas notícias reporta-se a uma decisão, ainda não definitiva, dos tribunais laborais espanhóis, que terá dado razão à posição…

Um mundo cruel: Seguradoras e sinistrados do trabalho

Não obstante as declarações oficiais em sentido contrário, as “Estratégias Nacionais”[1] e os “Planos de Actividades de Promoção da Segurança e Saúde no Trabalho”[2] pomposamente aprovados uns atrás dos outros, a verdade nua e crua é que o panorama dos acidentes de trabalho e das doenças profissionais em Portugal permanece sendo grave e até estarrecedor. Com efeito,…

Violência…De novo

Escrevi o texto abaixo há um ano, quando aconteceu o caso no bairro Jamaica. Reponho. Antes que se inicie o processo evolutivo de nos comermos uns aos outros. Parece que na selva andam cidadãos que são obrigados a defender-se à violência, mordendo (e ainda são portadores de doenças caninas). Por prevenção, a polícia actua com…

Um punhal cravado na alma

Até que a justiça encontre os responsáveis pelo crime. Para que Luis Giovani não seja esquecido. Continuarei a publicar semanalmente este texto. Um punhal cravado na alma, Luís Giovani Rodrigues, tocava piano na Igreja de Mosteiros na Ilha do Fogo, em Cabo-Verde. Estava desde Outubro de 2019 em Portugal, a estudar, através de um convénio…