Este é o Estado que temos. Mas é este o Estado que queremos?

E por isso se torna cada vez mais claro que a tarefa que nos compete a nós, cidadãos, não é a de mudar simplesmente de Governo ou de titulares de cargos públicos, mantendo tudo no essencial na mesma. Mas antes prepararmo-nos para demolir este Estado e construirmos de raiz uma Sociedade em que quem manda é quem trabalha e não quem vive e se enriquece com o trabalho dos outros!

A dupla tragédia das vítimas de doenças oncológicas profissionais

A situação dos cidadãos atingidos por doenças oncológicas é, já de si, bastante dramática, não apenas pelo elevado grau de morbilidade das mesmas, mas também pela dor e sofrimento que lhes estão muitas vezes associados e pelo elevado grau de incapacitação, quer física, quer também psicológica, que as caracterizam. As mortes anuais em Portugal por…

O Povo é Manso!

Pinheiro de Azevedo disse, em Novembro de 1975 quase no final do chamado verão quente, “calma o povo é sereno, o povo é sereno, é só fumaça!”. Se nessa altura o povo era sereno se, nessa altura, era só fumaça o facto é que o povo passou de sereno a manso e a fumaça transformou-se num…

Joe Berardo violado ou violador?

Joe Berardo o futuro ex-comendador, perderá o título de comendador, mas não perderá o de caloteiro[1]está muito indignado com a alegada violação do seu direito de imagem. A indignação surge porque o Canal Parlamento transmitiu em directo a audição parlamentar ao calote à CGD. Insurge-se o comendador Berardo, perdão, insurge-se o caloteiro Berardo com o…