Nem um passo atrás!

A palavra de ordem “Nem um passo atrás!” volta a ressoar, gritada pelos estivadores, e não só pelos de Setúbal, mas também pelos seus camaradas de trabalho de todos os outros portos do país, em solidariedade para com aqueles. Mas o que se passa, afinal, com o trabalho portuário, em particular no porto de Setúbal?…

Cidadão castrado, NÃO!

Ao fim de década e meia sobre o conhecimento das grandes negociatas e trafulhices financeiras feitas ao abrigo e com a intervenção activa do sistema bancário, dos seus proprietários e seus administradores, o correspondente balanço pode traçar-se desta forma: Não se encontra preso um único banqueiro ou administrador de bancos ou de empresas do respectivo…

Sobre ápes de hoje e de amanhã

Neste mundo de uébesumites onde o trabalho de hoje será uma ” app” amanhã (não fui eu que inventei mas gostava), onde pululam pulgas voluntárias – só porque poderão eles mesmo virar uma app amanhã – o mundo está dividido entre trolls – pessoas deliberadamente ofensivas e provocadoras – treinadas pela equipa do Bannon e…

Trabalhadores ou escravos?

Estes são alguns dados das estatísticas oficiais que, todavia, raramente se lêem nos nossos jornais e quase nunca se ouvem nas nossas rádios e televisões: Segundo o INE – Instituto Nacional de Estatística, quase um terço dos trabalhadores portugueses (28,1%) ganham apenas até 599€ por mês de salário líquido e cerca de outro terço (31,5%)…

Um Bolsonarus Juridicus: um homossexual é, necessariamente, um pedófilo

Depois de o Professor Decano do Grupo de Ciências Jurídicas da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, António Menezes Cordeiro, afirmar que acaso na fase preliminar de selecção e recrutamento o empregador fizer um questionário pessoal e invasivo da privacidade e o candidato se recusar a responder, nenhuma lei obriga o empregador a contratá-lo…