Trabalhadores ou escravos?

Estes são alguns dados das estatísticas oficiais que, todavia, raramente se lêem nos nossos jornais e quase nunca se ouvem nas nossas rádios e televisões: Segundo o INE – Instituto Nacional de Estatística, quase um terço dos trabalhadores portugueses (28,1%) ganham apenas até 599€ por mês de salário líquido e cerca de outro terço (31,5%)…

Um Bolsonarus Juridicus: um homossexual é, necessariamente, um pedófilo

Depois de o Professor Decano do Grupo de Ciências Jurídicas da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, António Menezes Cordeiro, afirmar que acaso na fase preliminar de selecção e recrutamento o empregador fizer um questionário pessoal e invasivo da privacidade e o candidato se recusar a responder, nenhuma lei obriga o empregador a contratá-lo…

O ovo da serpente…

Como que ofuscados pelos aspectos ridículos, mas cada vez mais degradantes, que se vão sucessivamente conhecendo acerca do caso de Tancos, temo-nos ficado, de novo, pela superficialidade e pelo imediatismo e temos esquecido algumas questões bem mais profundas e essenciais sobre as quais há que seriamente reflectir e, mais do que isso, agir com decisão…

Silêncios sombrios

Aproximando-se a altura da discussão e aprovação do Orçamento de Estado para 2019, é muito curioso e significativo o silêncio sombrio que se pretende fazer cair, quer sobre as leis, quer sobre a Justiça do Trabalho. Quanto a esta última, não obstante ser inegável o valor escandalosamente (para não dizer escabrosamente) alto das custas judiciais,…

Resistir é vencer!

Um cidadão trabalhador na área do serviço social, militante de causas cívicas e com provas dadas na defesa dos mais pobres e indefesos, José António Pinto, publica no Jornal Público um artigo de crítica à situação desses seus concidadãos. Nesse seu texto, este cidadão exprime opiniões sobre como tem sido conduzida a política da cidade do…