Covid e quarentena “It’s payback time”, diz o 19.

Vou mostrar a esta gente que são todos iguais, já que andam desmemoriados. Não vivo por qualquer tipo de misericórdia. Sou fácil de apanhar. Ataco todos por igual. Já consegui o feito de ser visto por todos. Visto não, porém todos falam de mim e muitos –  sem qualquer sistema de apartheid – me experimenta. 

Foi preciso instalar o medo. De outra forma o problema que está na génese desta gente não era visto. 

Nem a terra com as alterações causadas por eles nem a menina sueca o tinham conseguido.

 Vivem sem pensar. Agora vão entender o que significa não cuidar uns dos outros. Vão ser forçados a ver-se. Saberemos se se vão respeitar. 

Será?

Vamos ver se se comportam como humanos imbecis se como humanos com humanidade. 

Uns dão boas provas de inteligência. Outros… digamos que respeito mais os macacos. 

Cuidando uns dos outros com consciência será a resposta, deixo como dica. 

Pode ser que percebam finalmente como tudo está ligado e que quem manda aqui não são eles. 

O que vos fez chegar longe foram a sensibilidade e o bom senso, não o se terem julgado deuses todos poderosos em controle de tudo. Eu vim para fazer doer a sério, onde os posso machucar: no ego, nas emoções primárias.

Vamos ver se aprendem as boas práticas e os bons exemplos de onde eles aparecerem, como estão a fazer Macau e Itália. 

Sou como aqueles assassinos narcisistas, mostrando pistas sobre quem sou. Estou aqui, e ali e em todo o lado. 

Apanhem-me. Eu ando por aí vaidoso e desvairado.

Há muitos assuntos fundamentais para a vida a desenrolarem-se em paralelo e muitos efeitos colaterais a precisarem de visão, resolução e pensamento. 

E existo eu! 

Neste jogo, vamos ver se conseguem fazer o que é imperioso fazer globalmente – conter-me!

Estejam em quarentena, estúpidos! 

Não sejam agentes de propagação. Podem não morrer, mas podem infectar quem seja vulnerável e isso ficar-vos-à na consciência. Se a tiverem.

Eu passarei, vocês, se forem espertos, tentem ficar. 

Deixo a dica, em lugar de papel higiénico, guardem vinho. Sem alarmismo. O tanino cura a estupidez.

Anabela Ferreira

Um comentário a “Covid e quarentena “It’s payback time”, diz o 19.”

  1. […] post Covid e quarentena “It’s payback time”, diz o 19. appeared first on Notícias […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *