DO DESRESPEITO PELA CONSTITUIÇÃO…ATÉ À INEXORÁVEL DITADURA FASCISTA…

O Tribunal Constitucional chumba os cortes nas pensões…
O governo (dizendo cinicamente que não irá aumentar os impostos) cria novos impostos sobre as mesmas, para obter o efeito inicial que não passou face à Constituição…
Não sendo a Constituição respeitada, caminha-se para a perda de legitimidade do governo, do parlamento, dos tribunais e da presidência da república…
Cai-se em poderes políticos que se justificam apenas de facto…
Não há um estado de direito legitimador do poder político…
A classe política parece não se preocupar com isso…
O “sistema” vai funcionando, julgam eles…
Porém, o “sistema” vai funcionando devido aos arquétipos e ao inconsciente colectivo preenchidos ainda com os valores de um estado de direito que, na prática corrente, já desapareceu…
Quando a erosão progressiva de tais valores começar a preencher os arquétipos e o inconsciente colectivo das massas humanas, é que a maioria se dará conta da realidade…
Mas será tarde de mais…
Será necessária, inexoravelmente, uma ditadura ou o poder cairá na rua…
E – como não há vazios de poder – o poder não cairá na rua…
O que se desenha, então?…
Uma feroz luta de “classes”…até à…ditadura…
Até à inexorável ditadura fascista!…

– Victor Rosa de Freitas –

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *