From Russia with love

Quem leu o título deste texto certamente pensou que o tema seria político, especialmente porque o dia de hoje assim o justificaria ou, para os menos dados a coisas da política, que seria sobre um filme do James Bond. 

Errado, nada a ver nem com política nem com filmes. É um texto sobre algo bem mais importante, bem mais digno e bem mais espectacular.

É um texto sobre um grupo de jovens que, com a sã obstinação dos jovens, lutam diariamente pela realização dos seus sonhos, pelo reconhecimento da sua arte e da sua qualidade. Alheios mas não alheados das consequências que a política, a má política, tem nas suas vidas e no seu futuro com a falta de apoios e com a falta de investimento, em todas as áreas duma forma geral, nas artes e na cultura em particular.

Nasceram em 2015 e, ainda recém-nascidos, participaram no concurso da RTP Acappella. Participaram e venceram, como resultado dessa estrondosa vitória que obteve unanimidade do júri, composto por, Paula Oliveira, Simone de Oliveira e Júlio Isidro gravaram o seu primeiro álbum e, desde aí, não mais pararam, são os THE SPELL.

Os THE SPELL estão, pelo segundo ano consecutivo, na Rússia a representar Portugal entre 1 de 12 de Maio no Moscow Spring Acapella International Festival 2019. 

Na edição de 2018, entre 190 participantes ficaram no top 5

Não, não receberam nenhum telefonema do Presidente da República, certamente por distração uma vez que Marcelo Rebelo de Sousa não se poupa a abraços e telefonemas, até Iker Casillas, guarda-redes do Futebol Clube do Porto, recebeu um quase ao mesmo tempo que tinha o enfarte. 

São elevadas as espectativas para a participação na edição deste ano no festival e o apoio de todos nós, ao único grupo português a participar no maior evento de grupos acapella é importante e necessário.

Todos podemos contribuir para que venha para Portugal um dos lugares cimeiros do festival e, obviamente, contribuir para que Marcelo Rebelo de Sousa possa abraçar e tirar uma selfie com os representantes de Portugal e, esperemos, vencedores.

A participação é muito fácil, basta aceder a esta página e votar, todos podem votar uma vez por dia. Não deixem de o fazer, eles merecem e todos nós queremos mais um troféu em Portugal from Russia with love!.

Quem são os THE SPELL:

Debbie Monteiro, 22 anos, formada em Teatro Musical e História da Arte, Património e Teoria do Restauro, aliando o Teatro à História da Arte através de visitas guiadas com História ao Vivo. Desde muito nova que canta, dança e representa, tendo participado em vários concertos e peças de Teatro Musical (nomeadamente com a Yellow Star Company), fazendo também dobragens.

Dhaze, 20 anos, teve desde sempre um enorme fascínio pela música, mas apenas descobriu a sua paixão pelo beatbox á cerca de 5 anos,  passando a ser conhecido pela sua capacidade de improvisação e por “ sound design” muito característico.  É o atual Campeão Nacional de Beatbox, tendo já participado em competições internacionais, como a “Grand Beatbox Battle!

Diego Marta, 21 anos, estuda música desde os 10 anos. Começou a estudar orgão de igreja e atualmente estuda jazz. Esteve sempre muito presente no meio coral (jazz, barber shop, clássico, entre outros), tendo participado em diversos concertos no país e no estrangeiro.

Johnny Jee, 27 anos, começou cedo a cantar em coros com grande influência Gospel. Estudou canto e Teatro Musical, tendo feito algumas peças de teatro e outros projetos de música. Foi em 2015 que descobriu o acappella no Spell.

Su Marques, 25 anos, começou a estudar música aos 10 anos, tendo começado no piano e, mais tarde, passado para o canto. É licenciada em Direção Coral e Formação Musical pela Escola Superior de Música de Lisboa e, atualmente, está a frequentar o mestrado em Direção Coral na mesma instituição. É também professora de música.

Jacinto Furtado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *