“Operação Marquês” – De quem é a culpa afinal?

Com tantas emoções e até exaltações desencadeadas a propósito da decisão instrutória do juiz Ivo Rosa no chamado processo da “operação Marquês”, julgo ser importante que reflictamos, com toda a seriedade e toda a serenidade possíveis, sobre as questões que estão, ou deveriam estar, aqui em causa. E é precisamente com esse objectivo que, reafirmando…

A “Operação Marquês” – tudo o que um processo-crime não deve ser!

Deverá ser finalmente conhecida, a 9 de Abril, a decisão instrutória do processo da “Operação Marquês”, determinando a ida, ou não, a julgamento de cada um dos respectivos arguidos, e por que crimes. É certo que esta decisão instrutória (proferida ao fim já de 7 anos de duração do processo!) não é ainda definitiva porquanto,…

A normalização do anormal

Se quisermos definir um requisito essencial para podermos tomar decisões verdadeiramente livres e esclarecidas, ele é, seguramente, o do acesso ao efectivo conhecimento da realidade com que nos confrontamos. E é exactamente para evitar a posse desse mesmo conhecimento que todos os autocratas, de todas as espécies e de todos os matizes, sempre procuraram sabotá-la…

Viva a Comuna de Paris!

Há exactamente 150 anos atrás, em 18 de Março de 1871, iniciou-se em Paris a primeira experiência histórica de um governo verdadeiramente popular. A crise do regime bonapartista, o envolvimento e a subsequente humilhante derrota da França na guerra com a Prússia (que culminou, em Setembro de 1870, com a entrega a esta dos territórios…