Este é o Estado que temos. Mas é este o Estado que queremos?

E por isso se torna cada vez mais claro que a tarefa que nos compete a nós, cidadãos, não é a de mudar simplesmente de Governo ou de titulares de cargos públicos, mantendo tudo no essencial na mesma. Mas antes prepararmo-nos para demolir este Estado e construirmos de raiz uma Sociedade em que quem manda é quem trabalha e não quem vive e se enriquece com o trabalho dos outros!

O REI DA SONSICE. (por Estátua de Sal*)

Passos Coelho persiste em querer cortar nas pensões. Mas diz que não vai, para já, esclarecer como o vai fazer para “não prejudicar um acordo pós-eleitoral com o PS”. Eu fico estarrecido com tanta hipocrisia. Consenso com o PS é só para o que dói? Porque não quis fazer consenso com o PS na privatização…

O novo, o mau e o vilão… (por Dino Barbosa)

Ouvir o anúncio do Novo Banco é um exercício de paciência pouco recomendável. «Se passar por um dos balcões do N.B. que já mudaram, vai ver que temos uma nova imagem. O que não vai conseguir ver é o que está cá dentro»… Bem, até aqui, estamos de acordo. Aliás, ao que parece, nem o…

Entre o Regulador e o (Des)Regulado

José, o pai, foi acolhido no BES quando ficou desempregado da política após o fim do cavaquismo. Guilherme, um dos filhos, foi acolhido igualmente no BES, onde trabalha sob as ordens de Ricardo Salgado (filho). Luís, outro dos filhos, foi acolhido no Banco de Portugal sem concurso. Concluídos os estudos, havia feito dois estágios de Verão (de…