Um salto gigante

Regressaram ontem a Portugal, estiveram em Moscovo, durante duas semanas, a participar no Moscow Spring Acapella International Festival 2019 que decorreu entre 1 e 12 de Maio, trouxeram na bagagem o Audience Choice Award. Os The Spell foram o único grupo português presente neste festival que contou com a participação de 195 grupos em representação de 29 países.

Moscow Spring Acapella International Festival, onde marcam presença todos os grandes nomes deste género musical, é um dos mais importantes festivais a nível mundial, foi ombro a ombro, de igual para igual que os The Spell, pelo segundo ano consecutivo, defenderam as cores nacionais e orgulhosamente, mas com toda a humildade que caracteriza este jovem grupo, trouxeram para Portugal um dos prémios ambicionados, o Audience Choice Award.

Foram 12 dias de intensa actividade com duas dezenas de actuações que fizeram vibrar o público presente, vibração bem patente no prémio atribuído.

Uma das actuações é no entanto especial, realizou-se em território nacional em plena Embaixada de Portugal em Moscovo onde Paulo Vizeu Pinheiro, embaixador de Portugal na Rússia, os recebeu em audiência privada. Os The Spell apresentaram cumprimentos ao embaixador e não perderam a oportunidade de o brindar e aos seus colaboradores com uma muito apreciada e reservada actuação. 

Recordemos que os The Spell nasceram em 2015 e, ainda recém-nascidos, participaram no concurso da RTP Acappella. Participaram e venceram, como resultado dessa estrondosa vitória que obteve unanimidade do júri, composto por, Paula Oliveira, Simone de Oliveira e Júlio Isidro gravaram o seu primeiro álbum e, desde aí, não mais pararam. 

Agora, em Moscovo, com a atribuição Audience Choice Award deram UM SALTO GIGANTE!

Quem são os THE SPELL:

Debbie Monteiro, 22 anos, formada em Teatro Musical e História da Arte, Património e Teoria do Restauro, aliando o Teatro à História da Arte através de visitas guiadas com História ao Vivo. Desde muito nova que canta, dança e representa, tendo participado em vários concertos e peças de Teatro Musical (nomeadamente com a Yellow Star Company), fazendo também dobragens.

Dhaze, 20 anos, teve desde sempre um enorme fascínio pela música, mas apenas descobriu a sua paixão pelo beatboxhá cerca de 5 anos, passando a ser conhecido pela sua capacidade de improvisação e por “ sound design” muito característico.  É o atual Campeão Nacional de Beatbox, tendo já participado em competições internacionais, como a “Grand Beatbox Battle!

Diego Marta, 21 anos, estuda música desde os 10 anos. Começou a estudar órgão de igreja e atualmente estuda jazz. Esteve sempre muito presente no meio coral (jazz, barber shop, clássico, entre outros), tendo participado em diversos concertos no país e no estrangeiro.

Johnny Jee, 27 anos, começou cedo a cantar em coros com grande influência Gospel. Estudou canto e Teatro Musical, tendo feito algumas peças de teatro e outros projetos de música. Foi em 2015 que descobriu o acappellano Spell.

Su Marques, 25 anos, começou a estudar música aos 10 anos, tendo começado no piano e, mais tarde, passado para o canto. É licenciada em Direção Coral e Formação.

Redacção Notícias Online

Um comentário a “Um salto gigante”

  1. […] Este artigo é um original Notícias Online […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *