Eu acredito

Um predador sexual não precisa que a esperança transite em julgado ilibando-o. A lei acoberta-o nos cobertores mais quentinhos. Os amigos abraçam-no e acarinham a pessoa de bem que julgam inocente, porque não conhecem outra. Porque com eles nunca ele manifestou a sua sede por domínio e poder sexual com a vítima. O predador sexual…

A Grandolar por aí

Como seria bom regressar à vida antes do 25 de Abril? No dia 24 de Abril de 1974 eu era ingénua e desconhecia. Desconhecia Grândola e as canções censuradas, desconhecia Catarina Eufémia assassinada pela polícia do regime de Salazar. Desconhecia o facto de mulheres não poderem votar, nem divorciar-se, nem viajar sem autorização dos maridos.…

Súmula

“O mágico fez um gesto e desapareceu a fome, fez outro e desapareceu a injustiça, fez um terceiro e desapareceram as guerras. O político fez um gesto e desapareceu o mágico.”  Woody Allen. Tenho escrito sobre a impunidade de grupo ao longo desta pandemia (e não apenas), não aquela provocada pelo vírus, mas aquela provocada…

Descolonizando

Venham comigo para dentro de uma história, no meu contínuo movimento de desconstruir usandoalguma arte.  A invisibilidade do legado cultural africano e a sua Restauração, ou os equívocos da Educação Cultural das Civilizações Europeias? Durante séculos tive a minha cultura cancelada e a imposição de outra cultura que dizia ser a única válida e a ser…

Manamana, tutu rututu

Estou de acordo com os historiadores que mencionam o facto de ter Portugal vivido uma ditadura feroz, por causa dela não se podia falar nem estudar (teses que havia negavam factos) sobre a História da Escravatura. Segundo alguns Historiadores só no pós 25 de Abril se começaram não apenas a estudar como a escrever sobre…

Royally?

Notícias de Albion, sobre mulheres reais da realeza e o racismo Era uma vez um príncipe ruivinho de sardas, órfão de uma princesa mãe, imperfeita e amada, como se quer a uma mulher que luta pelo seu lugar ao sol -e que depois de perceber ter sido usada como mulher e parideira para o futuro…

Carta ao Primeiro Ministro

Senhor Primeiro Ministro, desculpe incomodar, tenho andado incomodada eu própria com a seguinte e premente questão – não o incomoda ter meio milhão de pessoas assim a atirar para o racista e para o fascista? Não o incomoda mandarem cidadãos para a terra deles? Aquelas que um dia foram do império porque o império assim…