Quando Salazar é ainda hoje bem-vindo

Estamos numa encruzilhada. Apertados numa camisa de forças. Com políticos incompetentes e sem vocação.  Lendo os resultados dos votos, incluindo os da emigração, o candidato sem ponta de democracia nos ossos tem votos com fartura. Soma meio milhão. Nalguns lugares conseguiu segundos lugares. Sendo eu uma emigrante compulsiva, já fui mandada para fora de pé…

Ventura a nu

O papel dos “salvadores da Pátria” O conhecimento da História faz-nos muita falta e é por isso que, com grande razão, se diz que um povo sem memória é um povo sem futuro. Ora, é esse mesmo conhecimento que nos mostra que, ao longo da História, ocorreram situações de grave crise económica, política e social,…